(11) 4396-2343 E-mail: contato@zurichtermoplasticos.com.br

US$ 1 bilhão para combater poluição no mercado dos plásticos. Parece exagero?

Zurich Termoplásticos 31/03/2020 Nenhum comentário Sustentabilidade, Economia industrial, Industria do plástico
  • Compartilhe isso nas redes sociais:
US$ 1 bilhão para combater poluição no mercado dos plásticos. Parece exagero?

O mercado do plástico está crescendo, mas um problema maior surge por causa disso: como combater a poluição dessa maneira? Será que é possível extinguir o plástico e substituir por outros produtos que poluem menos?

Já vamos iniciar esse texto afirmando: “É impossível pensar na vida humana sem plásticos”. O plástico é um material leve e barato, o que faz com que ele se torne uma preferência quando se fala de produtos descartáveis – isso é muito comum na rotina do brasileiro, infelizmente.

O descarte de plásticos em lugares inadequados nos leva a um cenário onde o meio ambiente pede socorro de todas as formas possíveis.

Uma pesquisa realizada pela Ocean Conservacy aponta que 80% dos resíduos plásticos jogados no oceano, chegam até as águas salgadas por meio de rios de grandes cidades. 

Com tamanha preocupação, 29 empresas uniram forças em prol do meio ambiente e trabalham juntas implementando ações e soluções para o descarte do plástico, de forma que ninguém sofra com os malefícios disso, nem oceanos e nem o mercado produtor de plásticos.

Quer saber mais sobre como isso funciona e se todo esse esforço para combater poluição é exagero? Continue a leitura!

 

Parcerias para fazer dar certo

Denominada como “Aliança Global”, essa organização não possui vínculos lucrativos, com isso todo o pacote de investimentos foi pautado em parcerias.

As principais são prefeituras onde projetos serão desenvolvidos para que haja melhores sistemas de gestão de resíduos em áreas com maior número populacional, porém com infraestrutura escassa. 

Além disso, modelos de negócios onde os empreendedores poderão desenvolver projetos focados em gestão de resíduos e reciclagem são os centros dos investimentos.

 

Como essa “Aliança Global” afetará o mercado dos plásticos?

A produção de plásticos é ininterrupta, isso significa que utilizamos o plástico desde meios de embalagens alimentícias até fabricação de móveis para educação. 

Com tamanha utilidade, é fato que a produção aumente com os anos, pois a população também aumenta demandando um maior consumo. Com isso, será preciso ir contra esse avanço populacional, produzindo menos plásticos. 

Neste momento, o mercado de plásticos terá que encontrar uma maneira de “enxugar” suas produções, ou caso contrário, será como “nadar, nadar e morrer na praia”.

 

A questão da redução da produção do mercado de plásticos para combater a poluição

É fato que esse impacto da redução de produção significará um avanço em termos ambientais, porém em termos econômicos, também, para o próprio mercado de plásticos. 

Entretanto, grandes empresas como a Mitsubishi Chemical Holdings, Berry Global, Chevron Phillips Chemical Company LLC e outras, resolveram arregaçar as mangas e encontrar um meio termo, onde não haja perdas para nenhum dos lados: meio ambiente e empreendedor.

 

Como o mercado do plástico pode agir em prol do combate à poluição?

Algumas pesquisas realizadas pela ONU Meio Ambiente apontam que o mercado de plásticos tem repensado sobre o assunto.

Muitas indústrias estão trabalhando em planos para eliminar de uma vez por todas os plásticos de uso único, passando a utilizar o plástico reciclado em suas produções. Só essas atitudes já trarão um avanço significativo em termos ambientais.

 

O que mais pode ser feito por parte dos empreendedores?

  • Estabelecer metas de redução;
  • Facilitar a reciclagem dos plásticos;
  • Determinar uma maior produção voltada a plásticos recicláveis, reutilizáveis ou compostáveis;
  • Implementar os chamados 3R’s: Reduzir, Reutilizar e Reciclar;
  • Ações para conscientização do desperdício de embalagens;
  • Utilizar materiais menos agressivos em fabricações.

 

O lado positivo do mercado dos plásticos frente ao meio ambiente

É preciso ressaltar que o mercado do plástico não traz somente malefícios ambientais e preocupações mundiais; pode até não parecer à primeira vista, mas o plástico trouxe uma certa economia ao meio ambiente.  

O que explica muito bem isso é a indústria automobilística. Antigamente, os carros eram compostos por equipamentos metálicos de pesos altos. Com a popularização do plástico, as autopeças feitas deste material foram aos poucos sendo substituídas, garantindo assim aos carros mais leveza e menores custos com combustíveis, causando menos emissões de gases de efeito estufa.

Além dessa situação, o isolamento térmico de alguns materiais diminui o gasto com energia e em aterros sanitários as lonas plásticas são utilizadas a fim de impermeabilizar os lençóis freáticos; deste modo, o risco de contaminação é quase zero. 

 

A consciência de que mudanças são necessárias para salvar o meio ambiente

Os empreendedores deste segmento acreditam que a sociedade, como um todo, será capaz de incentivar boas práticas relacionadas ao uso e descarte de plásticos por meio da educação.

É preciso deixar claro: plástico não é lixo!

O que está em jogo é a expansão do mercado de plásticos, que com tantas discussões pautadas em pesquisas e índices, se torna uma ameaça. 

A queda do preço do petróleo e do gás, resulta num menor valor para fabricar novos plásticos, o que já era baixo, ficará menor ainda. 

Com isso, se torna uma tarefa difícil para grande parte dos plásticos reciclados competirem com os plásticos novos no mercado. É aí que mora o grande dilema da questão ambiental versus os custos de produção.

O mercado do plástico sabe que sua matéria-prima é um problema ambiental, e a pressão sofrida por parte dos ambientalistas é enorme. Com tanta poluição para combater nesse mercado US$ 1 bilhão parece pouco agora, não é mesmo?

 

Atuar em busca de recursos que permitam minimizar esses efeitos é um compromisso de todos nós, em especial da Zurich.

Até a próxima!

 

Postado por Zurich Termoplásticos | Injecaodeplasticos.com.br

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *