(11) 4396-2343 E-mail: contato@zurichtermoplasticos.com.br

Reciclagem de plástico: transformando resíduos em produtos

Diego Z F 01/06/2016 Nenhum comentário Sustentabilidade
  • Compartilhe isso nas redes sociais:
Reciclagem de plástico: transformando resíduos em produtos

reciclagem-de-plastico-transformando-residuos-em-produtos-2

Os diferentes tipos de termoplásticos podem ser reconhecidos através de uma numeração, que vai de 1 a 6, dentro do símbolo de reciclagem. Tendo por propriedade a possibilidade de remodelagem, os termoplásticos são ideias para o processo de reciclagem de plástico.

Como ocorre a reciclagem de plástico?

Em tempos onde conceitos como “sustentabilidade” se tornam cada vez mais presentes e a questão ambiental ganha cada vez mais espaço nas agendas dos governos e sociedades, a reciclagem se mostra como alternativa viável para combater o excesso de detritos sólidos produzidos.

O processo de reciclagem de plástico pode ser definido, de forma generalista, em três fases: coleta e separação, revalorização e transformação. Cada etapa necessita ser realizada com cuidado para que o resultado final seja o esperado.

  • Coleta e separação: conforme o nome já diz, trata-se de coletar os resíduos e separá-lo de acordo com sua composição e classificação;
  • Revalorização: é o processo que transforma o resíduo novamente em matéria prima;
  • Transformação: transformação da matéria prima de volta ao status de produto.

Existem três formas distintas de reciclagem de plástico. Cada uma delas irá produzir resultados e possibilidades diferentes.

Reciclagem mecânica

Tipo mais comum de reciclagem no Brasil transforma os plásticos em pequenos grânulos que posteriormente podem ser utilizados para a produção de diversos produtos como sacos de lixo, mangueiras, embalagens e até peça de automóveis.

Uma vez que os plásticos descartados são coletados e chegam as estações de reciclagem, o primeiro passo é a separação e limpeza. Após esses procedimentos, tritura-se o material separado, que se transforma em matéria-prima em forma de grânulos, que irão ser utilizados na confecção de novos produtos.

Reciclagem Química

Ao reprocessar o plástico, transforma-o em petroquímicos básicos, servindo como matéria-prima em refinarias e centrais petroquímicas.

São diversas as formas de realizar a reciclagem química, destacando-se os processos por: hidrogenação, gaseificação, quimólise e pirólise. Além disso, permite a mistura de plásticos diferentes e aceita um nível maior de impurezas.

A grande questão nessa forma de reciclagem de plástico é o seu elevado custo, sendo economicamente viável apenas com uma grande quantidade de material a ser reciclado.

Reciclagem Energética

Ainda não realizada no Brasil, consiste na transformação de resíduos plásticos em energia através da queima do mesmo, podendo ser uma alternativa de matriz energética.

Utilizada em diversos países da Europa, EUA e Japão, tem apresentado bons resultados tanto na geração de energia quanto na questão ambiental, mostrando-se uma alternativa viável embora necessite de um grau elevado de tecnologia.

Os diversos tipos de termoplásticos, quando reciclados, apresentam diferentes possibilidades de transformação, passando desde sacolas de supermercado (PET), tubulação de esgoto (PEAD E PVC), envelopes (PEBD), vassouras (PP) e acessórios para escritórios (PS), para citarmos alguns exemplos.

Reciclar não só é preciso como urgente. Envolve uma questão ambiental necessária, mas também social. Nesse artigo procuramos tratar de forma simplificada as possibilidades de reciclagem de plástico. Qualquer dúvida ou questionamento mais aprofundado entre em contato ou deixe um comentário!

Até a próxima!

Postado por: Zurich Termoplásticos | WWW.INJECAODEPLASTICOS.COM.BR

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *