(11) 4396-2343 E-mail: contato@zurichtermoplasticos.com.br

Quais as tendências para pintura de peças plásticas injetadas?

Diego Z F 26 de setembro de 2018 Nenhum comentário Dicas, Industria do plástico
  • Compartilhe isso nas redes sociais:
Quais as tendências para pintura de peças plásticas injetadas?

Na fabricação de peças injetadas para os mais diversos fins, a pintura e o acabamento são processos fundamentais.

Por meio da pintura de peças plásticas injetadas, é possível dar brilho à superfície, ocultar falhas de modelagem e trazer proteção extra.

Confira abaixo as principais tendências desse procedimento que faz a diferença em uma peça plástica.

Principais tendências de pintura de peças plásticas

As peças plásticas são utilizadas nos mais diversos produtos, fazendo parte de nosso dia a dia nos mais diversos momentos.

A injeção de termoplásticos permite moldar os polímeros para que esses assumam as formas desejadas.

Ter o formato esperado é um grande passo, porém, não é suficiente. Outras características dao forma aos produtos.

Entre elas, a cor, que é nas peças injetadas é definida por meio do processo de pintura.

Atualmente existem duas grandes tendências na pintura de peças plásticas. Conheça ambas abaixo.

·         Pintura eletrostática

Esse tipo se destaca quando o objetivo é criar um acabamento duradouro e uniforme.

Para isso, ela utiliza o princípio de repulsão e atração de carga.

Embora muito utilizada em materiais metálicos, ela vai bem a qualquer material carregado eletricamente.

Inclusive nas peças injetadas, desde que seja realizado um pré-tratamento para permitir a aderência da tinta.

·         Texturização

Na pintura de peças plásticas, a técnica de texturização ganha bastante adeptos e se torna cada vez mais comum.

Nela, a pigmentação da peça plástica é eliminada de modo a permitir ganhar uma pintura em qualquer cor.

A texturização é reconhecida por oferecer um acabamento superior, possibilitando, inclusive, cromatizar e metalizar.

Porém, é importante destacar que a peça texturizada necessita contar com uma pintura homogênea. Isso quer dizer que não pode haver alterações no processo ou acúmulo de tinta.

Qual dos processos utilizar irá depender sempre dos objetivos e características exigidas do produto.

Ambos, porém, serão capazes de dar à sua peça plástica toda a qualidade necessária.

Gostou deste artigo? Continue acompanhando nossos blog e tenha acesso a mais informações sobre a indústria do plástico.

Até a próxima!

Postado por: Zurich Termoplásticos | WWW.INJECAODEPLASTICOS.COM.BR


0 Comentários




Deixe o seu comentário!