(11) 4396-2343 E-mail: contato@zurichtermoplasticos.com.br

PVC – Durável e reciclável

Diego Z F 21/11/2017 Nenhum comentário Industria do plástico, Injeção de Termoplásticos
  • Compartilhe isso nas redes sociais:
PVC – Durável e reciclável

termoplásticos, reciclagem de PVC

Os termoplásticos, em seus diferentes tipos, são amplamente utilizados nas mais variadas aplicações, para a mais variada necessidade.

Além de apresentarem essa grande versatilidade, possuem a vantagem de serem recicláveis.

Entre os tipos, alguns se destacam pela maior presença em nosso dia a dia, bem como pelas vantagens ambientais, como é o caso do PVC (policloreto de vinila).

Termoplásticos: as vantagens ambientais do PVC 

Nos últimos anos é notório o crescimento de iniciativas que visam aumentar o índice de reciclagem de materiais.

Reduzir o número de resíduos que descartamos na natureza para preservarmos nosso planeta torna-se cada vez mais importante e necessário.

Porém, apesar de os termoplásticos serem um dos mais reciclados, eles sofrem com aquele que é o grande gargalo da prática: a deficiência na separação de resíduos.

Segundo dados do Instituto Brasileiro do PVC, a taxa de reciclagem do PVC pós-consumo está na faixa dos 20%.

Esse índice poderia ser bem maior, haja vista que apenas 18% das cidades brasileiras contam com algum sistema de coleta seletiva, ainda de acordo com o instituto, que realizou um monitoramento num período de 10 anos.

E isso não está restrito a apenas a reciclagem do PVC, mas de todos os tipos de termoplásticos, como o PET, por exemplo.

O policloreto de vinila, porém, apresenta uma vantagem interessante em comparação aos demais polímeros.

Nesse mesmo levantamento do instituto dedicado ao material, cerca de 70% dos produtos que utilizam essa resina em sua fabricação atendem aplicações de longa duração.

O PVC tem um uso médio superior a 15 anos. Em alguns casos pode, inclusive, ultrapassar os 50 anos.

Como bons exemplos, podemos citar:

Na construção civil:

  • Tubos;
  • Conexões;
  • Pisos;
  • Janelas;
  • Entre outros produtos.

Na comunicação visual:

  • Cartões de crédito;
  • Cartões de acesso e identificação;
  • Capas de carderno;
  • Placas de sinalização;
  • Displays;
  • Fachadas;
  • Painéis;
  • Entre outros.

Suas condições favoráveis de consumo, porém, não excluem a preocupação com a reciclagem.

Entre as iniciativas que buscam aumentar a reciclagem do PVC duas se destacam:

  • A que busca recolher sobras e resíduos do material em grandes obras;
  • A que promove a reciclagem de cartões de débito, crédito etc.

Para uma reciclagem eficiente, é necessária fazer a correta lavagem do produto bem como utilizar maquinários regulados de forma correta e com manutenção preventiva em dia. Do contrário, será necessário utilizar mais da resina para a produção dos novos componentes.

As características desse polímero permitem que ele seja utilizado para as mais diversas aplicações após a reciclagem.

No caso dos cartões, algumas aplicações que podemos citar são:

  • Porta-copos,
  • Caixas,
  • Marcadores de páginas,
  • Cartões de visitas.

Há, inclusive, a realização de ciclos fechados, quando os cartões descartados voltam a serem cartões novamente.

Assim, fica claro que, entre os diferentes tipos de termoplásticos, o PVC apresenta grandes vantagens ambientais.

Primeiro pelo menor descarte, uma vez que suas aplicações resultam em produtos de grande durabilidade.

Segundo pela capacidade de reciclagem que garante que o material atenda a uma série de usos com qualidade.

Em um momento em que a preocupação ambiental no planeta é latente, vale a pena se inspirar na reciclagem do PVC e seus usos.

Gostou deste artigo? Continue acompanhando nosso blog e saiba mais sobre a indústria do plástico.

Até a próxima!

Postado por: Zurich Termoplásticos | WWW.INJECAODEPLASTICOS.COM.BR

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *