(11) 4396-2343 E-mail: contato@zurichtermoplasticos.com.br

Plástico na aeronáutica

Diego Z F 14/09/2016 Nenhum comentário Industria do plástico
  • Compartilhe isso nas redes sociais:
Plástico na aeronáutica

plastico-1

A indústria do plástico está presente em diversos itens do nosso dia a dia, sendo um segmento fundamental para a cadeia produtiva e com os avanços da tecnologia e evolução dos processos. Cada vez mais os materiais ganham em qualidade aumentando as possibilidades de uso.

Na indústria aeronáutica os usos de compostos fabricados a partir de polímeros plásticos ganham espaço em substituição às peças de diferentes metais, obtendo resultados que ganham em leveza e praticidade enquanto mantém as características de resistência e performance.

Plástico na indústria aeronáutica: conquistado novos espaços

Quando você senta em uma cadeira de avião, com um olhar rápido é possível perceber a utilização de materiais fabricados a partir do plástico em seu interior. Dos bagageiros às mesas localizas da na frente das poltronas, a utilização do plástico para acabamento e conforto dos passageiros se faz presente o tempo todo.

A esses usos já comuns em sua parte interna, as elaborações de novos materiais ganham espaço também nos componentes internos fundamentais para o pleno funcionamento da aeronave que cobrem distancias enormes.

O Brasil se orgulha de ser a pátria-mãe de Santos Dumont, que disputa com os norte-americanos irmãos Wright, a condição de pai da aviação. No entanto, a indústria aeronáutica brasileira só passa a se fortalecer no começo da década de 70, quando passou a ser considerada política de estado e foi fundada a Embraer.

Hoje a estatal é uma das maiores fabricantes de aviões do mundo, contribuindo com relevância para o saldo da balança comercial brasileira e concentrando a maioria dos empregos e receitas do setor.

Embora a falta de concorrência e surgimento de novas empresas no setor sejam um problema a se considerar, ainda assim o setor aeronáutico representa uma oportunidade para os participantes do segmento de produção de compostos plásticos venderem os seus produtos e serviços.

Plásticos, aeronáutica e sustentabilidade

No final de julho desse ano foi completada a primeira volta do mundo realizada por uma aeronave movida totalmente por energia solar.

Realizando uma viagem de 40.000 km no total, o Solar Impulse 2, como foi nomeado o avião, representou uma importante vitória para o avanço das tecnologias sustentáveis que agridem menos o nosso meio ambiente.

Para que isso fosse possível os componentes plásticos e polímeros ultra resistentes tiverem um papel fundamental para a conclusão dessa missão, estando presente ao todo em 6.000 peças do avião.

Nesse desafio a leveza da aeronave era fundamental, e a utilização de componentes plásticos em substituição a outros materiais conferiu as características necessárias para que a viagem pudesse ser concluída com sucesso.

Pensar em novas alternativas que busquem minimizar os impactos ambientais é dever de todos os setores da sociedade e da economia. A indústria dos componentes plásticos cumpre um papel fundamental, desenvolvendo novas tecnologias e materiais de alto desempenho e que ainda muitas vezes podem ser reutilizados e reciclados.

Continue nos acompanhando para saber mais sobre os plásticos!

Dúvidas ou sugestões? Comente!

Até a próxima!

Postado por: Zurich Termoplásticos | www.injecaodeplasticos.com.br

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *