(11) 4396-2343 E-mail: contato@zurichtermoplasticos.com.br

Os 14 princípios de uma indústria de sucesso!

Diego Z F 01/08/2018 Nenhum comentário Dicas
  • Compartilhe isso nas redes sociais:
Os 14 princípios de uma indústria de sucesso!

Quando pensamos em case de sucessos relacionados à indústria é quase impossível não nos lembrarmos do caso japonês.

Após ser severamente castigado durante a segunda guerra mundial, o país deu a volta por cima e apresentou índices de crescimento e desenvolvimento invejáveis.

E mais do que isso: o Japão se tornou exemplo para o mundo todo, exportando o modelo de gestão industrial presente em uma de suas famosas montadoras.

Para alcançar esse patamar, contudo, os japoneses tiveram o auxílio de um importante intelectual norte-americano: William Edwards Deming.

O engenheiro, mestre em matemática e doutor em física esteve no país nipônico em meados da década de 1950 para contribuir com o censo local.

Durante sua estada, realizou diferentes palestras para apresentar seus métodos e princípios de formar uma indústria de sucesso.

Com foco no controle de qualidade, suas ideias causaram uma verdadeira revolução na indústria japonesa.

A ideia de que o aperfeiçoamento da qualidade leva à prosperidade foi posteriormente validada, e hoje é utilizada no mundo todo.

Os princípios cabem em qualquer setor, inclusive na injeção de termoplásticos e vale a pena conhecê-los para aplicá-los na prática.

Os 14 princípios de uma indústria de sucesso de William E. Deming

1.     Constância de propósito

É preciso que a indústria procure sempre manter a consistência de propósito na busca pela melhoria do produto e serviço.

A procura pela melhoria contínua mantém o negócio competitivo e, assim, ativo no mercado.

2.     Adoção de uma nova filosofia

Para contar com uma indústria de sucesso é preciso que surja uma nova mentalidade nos gestores, que devem despertar para os desafios e, assim, assumam suas reponsabilidades e direção das mudanças que irão ocorre na empresa.

Para Deming essa exigência se aplica especialmente aos controles de produção. Uma nova filosofia, que coloque a qualidade no cerne, leva ao redesenho de atividades e processos.

3.     Cessar a dependência da inspeção em massa

A inspeção em massa não é o caminho para atingir a qualidade ideal, levando ao uso do tempo de forma ineficaz apenas.

A qualidade do produto deve estar presente em todos os estágios de produção de forma que não é necessário inspecionar o produto pronto.

A qualidade não é fruto da inspeção, mas sim, da melhoria do processo produtivo.

4.     Extinguir a aprovação de orçamentos com base no preço

A ideia aqui é que as relações comerciais estabelecidas por uma indústria de sucesso não devem ter como base apenas o preço.

É preciso considerar a visão de longo prazo, trabalhando com menos fornecedores, mas que sejam leais e confiáveis.

5.     Melhoria contínua do sistema produtivo

Se o grande responsável pela qualidade final são os processos, eles devem ser sistematicamente aprimorados.

Além de visar à qualidade, essa melhoria deve também ter como foco a produtividade e a redução de custos.

Para isso, é preciso conhecer as atividades do negócio, contar com a estrutura para realizar as ações planejadas e contar com processos identificados e gerenciáveis.

6.     Instituir treinamento

Deming afirma que é preciso instituir o treinamento no trabalho, inserindo na capacidade técnica dos trabalhadores fundamentos da administração e qualidade.

O objetivo é evitar desperdícios causados por baixo conhecimento e esforços desnecessários, como o retrabalho.

7.     Adotar e instituir liderança

O objetivo da liderança é fazer com que pessoas e máquinas atinjam o máximo de sua capacidade no desenvolvimento do trabalho.

Essas, por sua vez, também devem estar sujeitas a supervisão, sendo corrigidas quando necessário.

8.     Afaste o medo

O medo é prejudicial às organizações e impede que as pessoas trabalhem de forma efetiva dentro de um empresa.

Para Deming a eliminação ou a redução do medo deve ser uma das primeiras ações a serem adotadas, uma vez que ele afeta outros princípios.

9.     Derrubar a barreira entre setores

É preciso que os diferentes setores de uma empresa estejam integrados e em constante comunicação.

Dessa forma é possível antever problemas e necessidades do produto ou serviço ligados a qualidade.

10.Eliminar slogans e metas

Para a mão de obra que exija níveis zero de falhas na produtividade, as metas devem ser eliminadas.

As metas geram apenas inimizades e descontentamentos, sendo desmotivador e, portanto, uma das principais causas da baixa qualidade e da baixa produtividade.

11.Eliminar quotas numéricas

É preciso eliminar padrões de trabalho nas linhas de produção, devendo se definir o que é ou não aceitável em termos de qualidade.

A definição de quotas sufocam a autorrealização. Qualidade não necessariamente se identifica com quantidade.

12.Orgulho da mão de obra

A ideia aqui é acabar com as barreiras que impedem o trabalhador de se orgulhar por seu desempenho no trabalho.

Assim, estimula a abolição da avaliação anual de desempenho ou método, ou da administração por objetivos.

É preciso saber escutar funcionários e contar com subsídios que os permitam se envolver efetivamente no desenvolvimento da empresa.

13.Estimular a formação e aprendizado

A ideia é que sejam instituídos programas voltados à formação e ao autoaprendizado dos colaboradores.

Quanto mais bem preparados, melhor eles conseguirão desempenhar suas funções e contribuir para os resultados.

14.Tomar iniciativa para realizar a transformação

Trata-se de criar engajamento em todos que fazem parte da empresa para que as transformações ocorram na prática.

A melhoria da qualidade é competência de todos, sendo importante que todos tomem consciência disso e tenham essa tarefa em mãos.

Como podemos perceber, os princípios de Deming são ainda hoje bastante atuais e podem ser aplicados em indústrias dos mais variados setores.

Inclusive, na que se destina à indústria de injeção de termoplásticos, sendo uma importante ferramenta para o alcance da qualidade total.

Gostou deste artigo? Continue acompanhando nosso blog e tenha acesso a mais dicas e informações da indústria do plástico.

Até a próxima!

Postado por: Zurich Termoplásticos | www.injecaodeplasticos.com.br

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *