(11) 4396-2343 E-mail: contato@zurichtermoplasticos.com.br

O plástico também está presente nos esportes

Diego Z F 20 de fevereiro de 2019 Nenhum comentário Blog, Industria do plástico
  • Compartilhe isso nas redes sociais:
O plástico também está presente nos esportes

E você sabia que o plástico também está presente nos esportes?  

Sim!

E ele desempenha um papel muito importante nesse setor.

A injeção de termoplástico possibilita a fabricação de peças importantes para a melhor performance dos atletas.

Acompanhe no texto mais sobre sua utilização.

Plástico no esporte

A história do plástico no esporte tem um importante nome. A do químico belga Leo Baekeland que, em 1909, criou a baquelite. 

Era o primeiro material sintético que poderia substituir os de origem animal que eram usados anteriormente.

A sua utilização logo se consagrou. Afinal, era possível trazer aos objetos fabricados maior leveza, segurança e acessibilidade.

E isso facilitou até mesmo a vida dos esportistas. Inclusive de dar velocidade aos jogos, por exemplo.

Inclusive os calçados começaram a ser fabricados com solado de plástico, logo a parte de cima também, algo que facilitou os atletas em uma corrida mais veloz, ou mesmo a prática de saltar e, também, caminhar melhor e, assim, os exercícios se apresentaram mais dinâmico.

Esse mercado de inovação não para. Os atletas paralímpicos puderam se beneficiar de materiais de plástico.

É que as próteses ou suportes anatômicos feitos a partir dessa matéria-prima são ideais para a prática das atividades desses atletas, também principalmente pela leveza proporcionada.

Plástico no futebol

O futebol é uma das paixões dos brasileiros. E, inclusive, uma das modalidades que utiliza muito o plástico na prática de esportes.

Há plástico injetado na chuteira, no equipamento de proteção, como caneleira.

Além da leveza para correr mais rápido, o material é resistente à água, durável e fácil de limpar.

Já nas caneleiras, há uma tecnologia avançada que utiliza o plástico. São protetores que incorporam células de ar para ajudar a proteger as pernas dos jogadores de grandes impactos.

Já nos estádios têm cadeiras, por exemplo, fabricadas normalmente de policarbonato, um dos termoplásticos mais versáteis e resistentes que possuímos.

Além do plástico injetado, há a utilização desse material nas bolas, no uniforme dos jogadores, na luva de goleiros, na rede do gol e em muitos outros usos.

Gostou deste artigo? Continue acompanhando nosso blog para ter mais informações sobre a indústria do plástico.

Até a próxima!


Postado por: Zurich Termoplásticos | www.injecaodeplasticos.com.br


0 Comentários




Deixe o seu comentário!