(11) 4396-2343 E-mail: contato@zurichtermoplasticos.com.br

Moldagem por injeção: tudo o que sua empresa precisa saber

Zurich Termoplásticos 26/01/2021 Nenhum comentário Blog, Injeção de Termoplásticos
  • Compartilhe isso nas redes sociais:
Moldagem por injeção: tudo o que sua empresa precisa saber

A moldagem por injeção de termoplásticos é um processo produtivo que se destaca pela grande versatilidade, produtividade e qualidade do resultado final, além de ser uma opção sem desperdícios, permitindo reutilizar sobras e rebarbas.

É difícil pensar o que seria do mundo hoje sem o plástico. Para perceber isso, basta olharmos em nossa volta. Os polímeros estão presentes em quase tudo aquilo que utilizamos em nosso dia a dia, da conservação de alimentos aos smartphones.

A grande variedade de aplicações que o plástico suporta vem de suas características, em especial sua capacidade de moldagem que permite que o material assuma praticamente qualquer forma.

Vem com a gente que vamos te contar tudo àquilo que você precisa saber sobre injeção de termoplásticos e entender porque é uma grande vantagem contar com o processo para a fabricação de componentes para os seus produtos.

 

Moldagem por injeção: o processo produtivo dos termoplásticos

O principio por trás da injeção de termoplásticos é simples: partículas dos polímeros são aquecidas e posteriormente injetadas em moldes, tomando a forma desejada após o resfriamento. Assim, é possível que os termoplásticos sejam utilizados para produzir peças e produtos de todos os tamanhos e formatos.  Tudo depende do molde.

Uma das vantagens desse processo produtivo é a alta produtividade, permitindo fabricar peças de forma padronizada com a máxima rapidez e mínimos erros e desperdícios, sendo ideal para quem produz em largas escalas.

Mas não só isso! A moldagem por injeção também é uma das melhores opções para quem necessita fabricar protótipos. Caso o resultado esperado não seja alcançado, é possível reaproveitar o material utilizado em nova modelagem.

É preciso ressaltar que atualmente existem cinco tipos de moldagem por injeção utilizada pela indústria do plástico, sendo que cada um deles responde melhor a certas aplicações. São eles:

 

Moldagem Estrutural de Espuma:

Sim, a espuma é um termoplástico. A moldagem estrutural por espuma é recomendada especialmente para a produção de peças grandes. Nesse tipo de moldagem é utilizada a baixa pressão no molde e um gás inerte é misturado aos polímeros derretidos para reduzir a densidade e peso ao mesmo tempo em que aumenta sua força.

O uso de baixa pressão resulta em equipamentos de moldagem mais eficientes com excelentes resultados para produção em massa de peças grandes ou múltiplas peças em uma única máquina e com um único ciclo produtivo.

 

Moldagem por injeção assistida por gás:

Quando é preciso moldar peças com paredes grossas para a estrutura e durabilidade é sempre uma medida com risco de distorção e empenamento da peça durante seu resfriamento. Isso porque a peça não irá resfriar por igual em sua espessura.

A moldagem assistida por gás evita distorções na peça ao aplicar gás pressurizado no molde preenchido com termoplástico. O resultado é que o interior da peça permanece oco ou poroso, reduzindo a deformação e até mesmo o custo de produção.

 

Moldagem por injeção de silicone líquido:

A moldagem com silicone líquido se diferencia principalmente por aplicar o polímero frio em um molde quente, ou seja, o contrário dos demais tipos.  Além disso, uma vez que o material é moldado, ele não tem a capacidade de voltar à forma liquida.

O silicone é um material com excelente estabilidade, resistência às variações de temperatura e química além de ser isolante elétrico e biocompatível. Assim, esse tipo de injeção é amplamente utilizado na produção de conectores elétricos, equipamentos médicos, componentes automotivos, entre outros.

 

Moldagem para paredes finas:

Esse tipo de moldagem é utilizado na fabricação de peças de paredes finas, mas que precisam ser fortes e duráveis. É um processo bastante utilizado na produção de peças para os mais diversos fins e segmentos.

Na moldagem para paredes finas o controle de qualidade é uma etapa chave, sendo que cada peça passar por uma inspeção cuidadosa para identificar possíveis defeitos, rachaduras, etc.

Ou seja, com toda certeza existe um tipo de moldagem por injeção que atende as suas necessidades e é ideal para o seu produto.

Vale ressaltar ainda que hoje a tecnologia e desenvolvimento da injeção de termoplásticos e dos polímeros permite criar materiais customizados para que seus produtos ou peças contem com as características que você desejar.

Assim podemos destacar como benefícios de adotar a moldagem por injeção em seus processos produtivos:

  • Grande versatilidade se adaptando ao que deseja;
  • Possibilidade de produzir em larga ou pequena escala;
  • Eficiência e produtividade;
  • Qualidade do produto final.

Para saber mais sobre com a indústria do plástico pode ser a parceira do seu sucesso e ficar por dentro de todas as novidades da injeção de termoplásticos acompanhe as nossas redes sociais e fique ligado em nosso blog!

 

Até a próxima! ZURICH_BLOG-guia-rapido-da-injeção plástica-4-principais-duvidas-respondidas.

 

Postado por Zurich Termoplástico

 

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *