(11) 4396-2343 E-mail: contato@zurichtermoplasticos.com.br

A impressora 3D e a indústria do plástico

Diego Z F 25 de janeiro de 2017 Nenhum comentário Industria do plástico
  • Compartilhe isso nas redes sociais:
A impressora 3D e a indústria do plástico

industria-do-plastico-2

Quando do anúncio das primeiras impressoras 3Ds, muitos se apressaram em dizer que o equipamento modificaria completamente nossa relação com o consumo, trabalho e produção, uma vez que na teoria todos poderiam fabricar seus objetos e itens em casa, bastando contar com os layouts necessários para isso.

Com o passar do tempo à tecnologia ainda está longe de ser acessível aos consumidores ou entregar a revolução imaginada por alguns, embora seus valores tenham sofrido considerável queda enquanto suas funcionalidades e possibilidades foram ampliadas, o que não significa que seu uso não seja importante a diferentes segmentos, incluso na indústria do plástico.

Como a impressora 3D contribui com a indústria do plástico

O desenvolvimento da tecnologia ligada às impressoras 3D permite que hoje esteja disponível no mercado uma variedade de modelos, dos mais simples para uso em casa aos mais complexos com fins industriais que são capazes de produzir peças com alto grau de complexidade, coloridas, utilizando diferentes resinas plásticas ou mesmo em ligas metálicas.

Para os setores produtivos as possibilidades de uso das mesmas em benefícios dos negócios são extensas e variadas, e no setor plástico não poderia ser diferente trazendo maior agilidade para o desenvolvimento de uma peça.

Imagine que na sua empresa um cliente solicita uma peça única, muito diferente dos moldes que costuma fabricar e desenvolver. Seu designer de produtos elabora o desenho da mesma no computador, mas ao invés de apresentar os resultados na tela, imprime o mesmo e gera um protótipo físico.

Lembre-se que o resultado da impressão com esse tipo de máquina será igual de uma peça produzida de outra forma utilizando o mesmo molde, ao menos no que tange o formato e medida. Isso significa que em poucas horas poderá conferir todos os detalhes do projeto e fazer as correções necessárias antes de produzir um molde, por exemplo.

E ainda: se o pedido para a produção for pequeno, nem mesmo a produção do molde se torna necessária, uma vez que a própria impressora 3D poderia atender essa demanda sem problemas, demonstrando que aquisição da mesma é um investimento interessante e com grandes impactos na linha de produção.

O desenvolvimento das impressoras 3D e manufatura aditiva pode não estar em sua fase inicial, contudo está longe de atingir a maturidade, o que durante os próximos anos deve significar a expansão das possibilidades e do uso pela indústria.

Continue nos acompanhando para saber mais sobre o mundo do plástico.

Ficou com dúvidas ou possui sugestões? Deixe um comentário!

Até a próxima!

Postado por: Zurich Termoplásticos | WWW.INJECAODEPLASTICOS.COM.BR


0 Comentários




Deixe o seu comentário!