(11) 4396-2343 E-mail: contato@zurichtermoplasticos.com.br

Economia circular, o que é isso?

Zurich Termoplásticos 03/12/2019 Nenhum comentário Blog, Economia industrial, Industria do plástico, Sustentabilidade
  • Compartilhe isso nas redes sociais:
Economia circular, o que é isso?

A natureza não suporta mais o excesso de resíduos que o ser humano produz todos os dias. Utilizar materiais que possam ser reciclados é um dos caminhos para diminuir estas agressões ao meio ambiente.

Para endossar as ações de preservação a economia circular, chegou para enfraquecer o método tradicional e linear.

Este novo modelo econômico diminui a intensa extração de matérias-primas e passa a reaproveitar itens que seriam descartados para usá-los na fabricação de produtos novos.

Mas como isso tudo funciona? Fique com a gente até o final e descubra mais sobre o assunto!

A política dos 5 R´s

Estas 5 palavras resumem bem o conceito de economia circular, já que sua base é sintetizada por elas:

  • Repensar – refletir sobre processos sócio-ambientais de produção.
  • Reduzir – desperdiçar menos, consumindo só o necessário e diminuindo a quantidade de lixo.
  • Recusar – rejeitar produtos que causem mal ao meio ambiente e evitar consumo desnecessário.
  • Reciclar – transformar o usado em novo com processos industriais.
  • Reutilizar – dar uma nova utilidade a materiais usados, que seriam descartados.

Este fluxo gira os produtos de descarte para que o mínimo seja jogado fora, ajudando o meio-ambiente e também diminuindo o próprio desperdício da empresa.

Benefícios da Economia Circular

Todo material tem um ciclo de vida. Fazer com que ele seja maior, utilizando a reciclagem, é o objetivo desta estratégia.

O modelo é totalmente focado no aumento da permanência de um item dentro da cadeia de comercialização. Confira alguns benefícios da economia circular:

  • Menos desperdícios e maior utilização da matéria-prima.
  • Possibilidade de novos componentes naturais ao elaborar produtos.
  • Menos poluição, ajudando a preservar o meio-ambiente.
  • Menor custo na produção por diminuir a necessidade de extrair as matérias-primas.
  • Melhoria de processos, focando em inovação.
  • Imagem mais forte no mercado, já que os clientes, fornecedores e órgãos de regularização, irão reconhecer a responsabilidade ambiental.

E como fica a indústria do plástico?

Não adianta tratar este material como o único vilão da história, pois isso seria olhar apenas para uma só direção.

O setor já estuda, há alguns anos, alternativas e soluções inteligentes para minimizar os impactos e reduzir o uso desordenado do plástico. Seu maior desafio é a economia circular.

Atualmente, já é possível contar com plásticos sustentáveis (oxibiodegradáveis) ou de fontes renováveis. As novas embalagens, por exemplo, são biodegradáveis e produzidas com fibra de coco.

Como o interesse pelo material reciclado é maior, as fabricantes de produtos deste segmento podem ser favorecidas com um número maior de fornecedores.

Plástico no vestuário

Você sabia que tecidos utilizados em diversas jaquetas de softshell, calças trekking, forros de alguns casacos e neoprenes de surfistas são fabricados com plástico?

Hoje em dia, existe a tecnologia para reciclagem desta linha de produtos, mas, infelizmente, não é utilizada.

Para pessoas que fazem questão de ter uma vida sustentável e contribuir para a preservação do planeta, essas roupas podem se tornar um grande problema.

A indústria do plástico tem se empenhado constantemente para identificar novas soluções, a fim de, cada vez menos, trazer consequências ruins ao meio ambiente.

A economia circular já ultrapassou a barreira capitalista e chegou a consciência das pessoas.

Mas e você, o que acha do assunto? Deixe seu comentário!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *