(11) 4396-2343 E-mail: contato@zurichtermoplasticos.com.br

Diferenças entre plástico e silicone

Zurich Termoplásticos 10 de setembro de 2019 Nenhum comentário Blog
  • Compartilhe isso nas redes sociais:
Diferenças entre plástico e silicone

A indústria do plástico tem investido cada vez mais em um material versátil e econômico: o silicone.

Mas se engana quem categoriza o silicone como um produto plástico, ou o confunde com algumas aplicações do plástico injetado.

Essa confusão é compreensível, já que a maleabilidade do silicone permite que ele seja empregado em quase todas as áreas, em que, frequentemente, é usada a injeção de termoplástico. 

Porém, basta um olhar mais atento para notar uma leveza extra no material. 

O silicone é um produto que pode ser mais resistente, bonito e fácil de manipular. Por isso, é adaptável a diversas situações, tendo algumas vantagens sobre outros produtos.

Quer saber mais sobre a diferença entre plástico e silicone? Continue a leitura e vamos te mostrar!

Silicone na natureza: A indústria do plástico ganha um aliado?

Apesar de se assemelhar com os produtos plásticos, o silicone representa um benefício a mais para a indústria do plástico e para o planeta: menor risco para a natureza.

Isso não quer dizer que o silicone é inofensivo e pode ser descartado no meio ambiente sem que haja um controle sobre isso.

Mas caso fragmentos do material acabem dispostos inadequadamente em ambiente aberto, eles se degradam com o tempo. 

Não tão rapidamente quando o papel simples, porém eles duram menos na natureza do que os produtos de plástico injetado ou borracha.

Isso é, sem dúvida, um ponto positivo para a indústria do plástico, que precisa todos os dias descobrir formas inovadoras de operar de modo mais sustentável.

Silicone versus plástico injetado: A versatilidade

O silicone é um material com ampla utilidade.

Pode ser encontrado em líquido, pasta, gel e até em forma sólida; essa grande quantidade de versões disponíveis da substância não são por acaso.

O silicone é empregado em tantos tipos diferentes de materiais, que é até difícil pensar em produtos que não levem algum tipo de silicone em sua fórmula.

De cosméticos ao material escolar, de formas culinárias aos produtos para construção. A resistência aliada à leveza torna a manipulação mais fácil e, em alguns casos, até mais econômica ou higiênica.

Para formas culinárias, por exemplo, o silicone permite um aproveitamento maior dos alimentos, já que não gruda. 

O produto não transfere sabor, cheiro ou cor. Outra vantagem sobre as formas feitas com base em injeção de termoplástico, por exemplo, que podem guardar resquícios do cheiro de alimentos, mesmo depois de lavadas.

Mas se você quer saber mais sobre as aplicações do silicone em produtos do dia a dia, ou entender os diferenciais dos produtos feitos sob injeção de termoplástico, não deixe de seguir as nossas redes sociais e o nosso blog.


0 Comentários




Deixe o seu comentário!