(11) 4396-2343 E-mail: contato@zurichtermoplasticos.com.br

Design, inovação e injeção de plástico

Diego Z F 03/11/2017 Nenhum comentário Dicas, Economia industrial
  • Compartilhe isso nas redes sociais:
Design, inovação e injeção de plástico

Design,-inovação-e-injeção-de-plástico

Antes da produção em larga escala do plástico injetado em diversos setores da industrial, a cadeia produtiva era obrigada a utilizar recursos naturais.

Embora a humanidade, ao longo dos anos, tenha aprendido a manipulá-los, havia uma certa limitação.

Sim, podemos construir objetos incríveis com a madeira, por exemplo, mas há um limite de maleabilidade.

Já as substancias minerais, embora possam ser moldadas quando aquecidas, possuem peso muito elevado.

Os polímeros plásticos aparecem como solução que supera essas limitações, principalmente por se adaptar a praticamente qualquer forma e uso.

E, com o tempo, foram se abrindo pelo mundo infinitas possibilidades de design utilizadas na injeção de plástico.

A injeção de plástico e o design de produtos

Isso significou uma verdadeira evolução. Afinal, basta aquecer os termoplásticos, injetá-lo em molde de alta pressão na forma desejada e pronto!

Esse ganho em potencial de inovação foi fundamental para formar o mercado de consumo de massa que temos hoje.

O design como diferencial competitivo 

E por falar em consumo de massa, vivemos um momento de altíssima concorrência entre as empresas.

São milhares disputando a mente, corações e gastos dos consumidores, que se mostram cada vez mais exigentes.

Para se destacar, os investimentos em design de produtos se mostram um dos mais efetivos.

Afinal, é através deles que é possível acrescentar ou aprimorar funcionalidades e tornar um produto mais atrativo aos consumidores.

E mais que isso: o design de um produto está diretamente relacionado aos seus custos de produção.

É ele que irá definir quanto de cada material será utilizado, recursos necessários para produzi-lo, tempo de produção etc.

E tudo isso deve entrar no cálculo durante o desenvolvimento do projeto.

Logo, não se trata de senso estético apenas, mas um campo onde é aplicada uma série de conhecimentos técnicos.

O designer deve ser um profissional qualificado para a função. Ele precisa estudar bastante as tendências do mercado, de forma a desenvolver produtos que vendam, gerem valor e tenham o melhor desempenho de produção.

No caso da injeção de plástico, é importante que o designer lembre também das questões de descarte e reciclagem dos produtos.

Vivemos em um momento onde a sustentabilidade importa e o chamado ecodesign cresce nas empresas. Por isso esse fator não pode ser esquecido.

Vale ressaltar que as pessoas estão dispostas a consumir produtos mais caros, desde que sejam frutos de empresas sustentáveis.

O ecodesign visa aos menores recursos de usos naturas na produção e a maior facilidade para reaproveitamento ou reciclagem.

Trabalhar com esse conceito é um outro diferencial que pode ser utilizado a favor de sua empresa.

Aproveite as possibilidades da injeção de termoplásticos e invista no design de produtos, inove e se destaque da concorrência.

Gostou deste artigo? Continue acompanhando nosso blog e tenha acesso a mais notícia sobre a indústria do plástico.

Até a próxima!

Postado por: Zurich Termoplásticos | WWW.INJECAODEPLASTICOS.COM.BR

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *