(11) 4396-2343 E-mail: contato@zurichtermoplasticos.com.br

Aditivos e termoplásticos

Diego Z F 31 de outubro de 2018 Nenhum comentário Industria do plástico
  • Compartilhe isso nas redes sociais:
Aditivos e termoplásticos

Hoje a injeção de termoplásticos é um dos processos produtivos mais utilizados na fabricação de mercadorias de diferentes setores.

Basta uma olhada a nossa volta e rapidamente percebemos que os polímeros estão presentes em quase tudo.

Para que isso seja possível, a indústria do plástico conta com diferentes técnicas que permitem aos materiais atender a diferentes necessidades.

Entre elas a aplicação de aditivos para termoplásticos.

O que são aditivos para termoplásticos?

Os aditivos para termoplásticos são substâncias químicas adicionadas aos polímeros no momento da transformação.

Cada um desses aditivos irá reagir de uma forma fazendo com o que o material ganhe novas características.

Sendo assim, eles são de vital importância para a enorme diversidade de necessidades que a indústria do plástico é capaz de atender.

Para entender melhor como eles funcionam, abaixo separamos, como exemplo, alguns aditivos para termoplásticos muito utilizados.

Agente expansor

O agente expansor é utilizado para a fabricação de polímeros sob a forma expandida, como a espuma ou o isopor.

A expansão é possível graças à formação de gás que ocorre quando o aditivo incorporado se decompõe durante a fase de aquecimento.

Geralmente o aditivo aparece em forma de pó, e uma boa distribuição dele é essencial para bons resultados.

Agente plastificante

Os aditivos plastificantes estão entre os mais utilizados visando o objetivo de melhorar a processabilidade e aumentar a flexibilidade.

De forma geral, a plastificação consiste em alterar a viscosidade do sistema, aumentando a mobilidade das macromoléculas.

O agente diminui a temperatura de processamento do termoplástico para valores menores que de sua temperatura de decomposição.

Agente de fluxo

Quando amolecidos, os polímeros apresentam alta viscosidade que dificulta o preenchimento de canais e matrizes.

Sem a aplicação de agentes de fluxo podem haver prejuízos no processo de moldagem, além de forçar a máquina ao máximo, o que pode causar uma falha ou quebra.

O agente de fluxo contribui nesse processo melhorando a qualidade do molde enquanto otimiza o uso dos maquinários.

Esses aditivos têm função lubrificante, de modo a contribuir a redução da fricção tanto interna quanto externa.

  •  Agente antiultravioleta

Os raios UV emitidos pelo sol são capazes de trazer grandes prejuízos a uma diversidade de materiais no longo prazo.

Existem aditivos para termoplásticos que combatem esse problema oferecendo proteção aos materiais.

Esses aditivos absorvem a radiação impedindo que ela chegue diretamente aos polímeros.

Vale lembrar que cada tipo de plástico possui uma relação com o UV, exigindo o uso de aditivos específicos a cada caso.

Além dos quatro citados acima, podemos destacar entre aditivos utilizados nos termoplásticos os seguintes:

Agente antiestático;

  • Agente antioxidante;
  • Agente antibloqueio;
  • Agente deslizante;
  • Agente desmoldante interno;
  • Agente de acoplamento;
  • Agente retardante a chama;
  • Agente modificadores de impacto;
  • Agente supressor de fumaça;
  • Agente estabilizante;
  • Agente cargas extensoras;
  • Agente branqueador ótico.

É muito importante uma definição clara de quais serão os usos e situações enfrentadas pela peça plástica pronta para acertar na escolha desses agentes.

Com a força dos aditivos para termoplásticos os polímeros estarão prontos para atender às necessidades de seus produtos.

Gostou deste artigo? Continue acompanhando nosso blog e tenha acesso a mais dicas e informações sobre a indústria do plástico.

Até a próxima!

Postado por: Zurich Termoplásticos | WWW.INJECAODEPLASTICOS.COM.BR


0 Comentários




Deixe o seu comentário!